Educação

Se você é um profissional que tem uma profissão regulamentada no Brasil e que frequentou um curso profissionalizante ou uma universidade, então este artigo é para você. Primeiro gostaria de recomendar o Comparative Education Service da Universidade de Toronto, onde eles fazem a avaliação de suas credenciais no Canadá. Eu recomendo este serviço antes mesmo de virem ao Canadá pois assim já vêm informados sobre quais em que áreas o seus diplomas são reconhecidos. O website é http://learn.utoronto.ca/ces.htm. Já ouviram falar do Global Experience Ontario (GEO)? Esse é um centro de avaliação para profissionais treinados fora do Canadá e que estão interessados em registrar para licenciatura em 14 não-médicas profissões em Ontário. Elas são:

  • Ÿ Arquitetura,
  • Ÿ Técnicos em engenharia e tecnologia,
  • Ÿ Contadores em geral,
  • Ÿ Contadores a nível de gerênciamento,
  • Ÿ Chartered Accountant (Eu não sei qual a diferença),
  • Ÿ Educadores da primeira infância – ECE
  • Ÿ Florestador,
  • Ÿ Pesquisador de solo,
  • Ÿ Advogados e assistente de advogados (paralegal)
  • Ÿ Engenheiros,
  • Ÿ Assistente Sociais,
  • Ÿ Professores,
  • Ÿ Veterinários e.
  • Geociêntistas

O Global Experience Ontario responde perguntas tais como:

Eu tenho que ter licença para trabalhar como professora (o) ?,

Quanto tempo para obter uma licença como engenheiro mecânico?,

Quanto custa para se obter uma licença e muito mais. Eles também oferecem acesso para trabalho através de programas sobre mercado de trabalho e programas que fazem uma ponte entre o profissional e os empregadores, network para profissionais imigrantes. Os serviços oferecidos pelo GEO são gratuítos mas se forem indicados para programas fora do GEO pode ser que tenham que pagar alguma taxa. Se estiverem interessados neste programa contatem GEO no 163 da Queen Street East, 2 andar, Toronto, ON M5A 1S1 ou pode mandar um email para geo@ontario.ca. O website e www.ontarioimmigration.ca

Pelo fato deste assunto ser complexo. Eu vou escrever mais sobre ele em outros postings.

Obrigada por seguir meu Blog.

Educação escola1

Caros leitores do  blog Newcomer Canada, tenho recebido alguns emails de pessoas interessadas em esclarecer se pessoas sem documentos de imigração podem matricular seus filhos na escola. Para fazer isso claro, eu traduzi um material do “No One is Illegal” onde eles informam que no Ontario Education Act em seu artigo 49.1 é declarado o seguinte: “Uma pessoa que tem os requisitos para ser admitada na escola e que tem menos de 18 anos de idade, NÃO pode ter sua ADMISSÃO RECUSADA porque a pessoa ou os pais ou guardiões dessa pessoa Está Ilegal ( expressão usada no artigo da lei) no Canadá.

Eu acho que agora está mais claro, ou seja, o filho ou filhos de pessoas indocumentadas não podem ter a matrícula escolar recusada porque os pais não apresentaram documentos de imigração.  Os pais não precisam dizer que não têm estado imigratório e apenas dizer que não têm um documento da imigração para apresentar no ato da matrícula e se mesmo assim a escola insistir, os pais devem mencionar o Ontario Education Act e o artigo 49.1. Manterem-se informados é a arma que dispõem para garantir seus direitos.

CAMPANHA EDUCAÇÃO SIM,  DEPORTAÇÃO NÃO.

Todos devem ter direito à educação sem viver com medo de ser deportado.

Educação Sim  Deportação  Não (END) é um grupo de pessoas que atuam nas escolas  com os educadores criando conscientização através de uma campanha que garante justiça para imigrantes. Estudantes, professores, membros de sindicatos e membros comunitários fazem parte deste grupo para garantir que todos os estudantes independentemente do estado imigratório tenham acesso à educação.

Este grupo está se esforçando para fazer com que escolas elementares e secundárias sejam seguras e acessíveis para todos como é determinado na seção 49.1 do Ato de Educação do Ontário http://www.edu.gov.on.ca/extra/eng/ppm/136.html. Eles querem assegurar também que todas as pessoas têm acesso e igual oportunidades para frequentar colleges, universidades e aulas de inglês como segunda língua, sem mêdo das autoridades de imigração e de deportação.

Toronto tem por volta de 200.000 pessoas vivendo e trabalhando sem estado imigratório mas não estudando. Educação é um direito para todos – com ou sem documentos!